Como impedir que um e-mail chegue como spam

Um dos maiores desafios é garantir que suas mensagens cheguem às caixas de entrada dos destinatários em vez de ficarem presas na temida pasta de spam. Quando um e-mail é classificado como spam, você não apenas perde a oportunidade de alcançar seu público, mas também prejudica a reputação de seu domínio e endereço de e-mail. Neste artigo, mostraremos como evitar que seus e-mails acabem na pasta de spam, com foco na verificação dos contatos em suas listas de e-mail.

Limpeza e validação de listas de e-mail

A primeira etapa para garantir que seus e-mails não sejam sinalizados como spam é assegurar que suas listas de contatos estejam limpas e atualizadas. Endereços de e-mail desatualizados ou inativos podem aumentar a probabilidade de suas mensagens serem filtradas como spam. Use ferramentas de validação de e-mail para remover endereços inválidos e verificar a autenticidade de seus contatos.

Outros e-mails que prejudicam a capacidade de entrega são os e-mails de armadilhas de spam, também conhecidos como spam traps, que são endereços de e-mail criados ou identificados por provedores de serviços de e-mail e organizações antispam com o objetivo de capturar spammers. Há dois tipos principais de e-mails de spam trap:

  1. Armadilhas de spam puro: esses são endereços de e-mail que nunca foram usados por uma pessoa e são criados especificamente com a intenção de atrair spammers. Quando um remetente envia um e-mail para um desses endereços, isso é considerado um sinal claro de práticas de spam.

  2. Armadilhas de spam recicladas: esses endereços de e-mail foram usados no passado, mas ficaram inativos por um período significativo de tempo. Os provedores de serviços de e-mail os reativam como armadilhas de spam para identificar remetentes que enviam para listas desatualizadas e contatos que não deram seu consentimento.

Para detectar e-mails com armadilhas de spam e impedir que um e-mail chegue como spam, com uma ferramenta profissional de validação de e-mail, siga estas etapas:

  1. Carregue sua lista de mala direta: importe a lista de e-mails que deseja validar para a ferramenta de validação.

  2. Executar validação: Inicia o processo de validação de e-mail. A ferramenta verificará a autenticidade dos endereços e procurará possíveis armadilhas de spam na lista.

  3. Identificar endereços suspeitos: a ferramenta profissional de validação de e-mail fornecerá resultados que indicam endereços que podem ser armadilhas de spam ou suspeitos. Esses endereços devem ser tratados com cautela.

  4. Aja de acordo: após a validação, você deve considerar a remoção ou a investigação de endereços identificados como armadilhas de spam. Você pode optar por não enviar e-mails para esses endereços ou tentar verificar se eles são genuínos. Também é importante limpar regularmente suas listas para evitar armadilhas de spam em futuras campanhas de e-mail.

Lembre-se de que a detecção de armadilhas de spam é uma parte essencial da manutenção de uma sólida reputação de remetente e da garantia de que seus e-mails cheguem às caixas de entrada dos destinatários. O uso de ferramentas profissionais de validação de e-mail é uma abordagem proativa para evitar cair nessas armadilhas e manter a eficácia de suas campanhas de marketing por e-mail.

Obter consentimento e cumprir os regulamentos

É essencial obter o consentimento de seus destinatários antes de enviar e-mails. Certifique-se de cumprir as normas de privacidade, como o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) na União Europeia e a Lei CAN-SPAM nos Estados Unidos. O respeito à privacidade e a transparência em suas práticas de e-mail ajudarão a manter suas mensagens fora da pasta de spam.

Cuide do conteúdo de seus e-mails.

O conteúdo de seus e-mails desempenha um papel crucial para determinar se eles irão para a pasta de spam ou para a caixa de entrada. Evite usar frases ou palavras de alto risco que os filtros de spam detectam, como “grátis”, “oferta”, “dinheiro fácil” ou “ganhar dinheiro”. Certifique-se de que seus e-mails sejam relevantes, informativos e úteis para seus destinatários.

Usa autenticação de domínio e SPF/DKIM/DMARC

A autenticação de domínio e a configuração de registros SPF (Sender Policy Framework), DKIM (DomainKeys Identified Mail) e DMARC (Domain-based Message Authentication, Reporting, and Conformance) são práticas recomendadas que podem ajudar a evitar que seus e-mails sejam considerados suspeitos. Essas medidas garantem que suas mensagens sejam autênticas e provenientes de fontes legítimas e evitam que um e-mail chegue como spam.

Realiza testes de remessa e monitoramento constante

Antes de enviar uma grande campanha de e-mail, teste o envio para seus próprios endereços de e-mail confiáveis para verificar se suas mensagens não são sinalizadas como spam. Além disso, configure um sistema de monitoramento constante para monitorar as métricas de capacidade de entrega e a taxa de abertura de seus e-mails.

Conclusão

Evitar que seus e-mails acabem na pasta de spam é essencial para o sucesso de suas campanhas de marketing por e-mail. Verificar e limpar suas listas de contatos, cumprir as normas, criar conteúdo de qualidade e implementar medidas de autenticação são etapas fundamentais desse processo. Ao seguir essas diretrizes, você aumentará a probabilidade de seus e-mails chegarem às caixas de entrada dos destinatários e maximizará a eficácia de seus esforços de marketing por e-mail.

Se você precisar de uma ferramenta profissional de verificação de e-mail. Você pode se registrar em nosso portal e avaliar nossa solução gratuitamente.

— MEJORA LA CALIDAD DE TUS DATOS DE FORMA SIMPLE —

vERIFICA EMAILS
TELÉFONOS,
DIRECCIONES POSTALES
NOMBRES Y aPELLIDOS...